Movimento da pelve na dança é tema de estudo no curso de Fisioterapia


Divulgação

Estudantes desenvolvem projeto acerca da importância do movimento da pelve

Por Stephanie Morgana

O “Balanço da Pelve” é fruto do Projeto Interdisciplinar (PI) denominado “Análise macroscópica do movimento”, desenvolvido por alunos do segundo período do curso de Fisioterapia do UniBH. Iniciado em março, o estudo tem previsão de término em junho, e será apresentado durante o Circuito Acadêmico do 1º semestre de 2017.

Para a professora Ingrid de Castro, orientadora da iniciativa, o projeto interdisciplinar é importante por abordar o movimento pélvico.

“O produto final do trabalho é transmitir, à sociedade, informações acerca do movimento macroscópico e proporcionar conhecimento, bem como apontar possíveis alterações e prevenções de lesões”, destaca.

Popularmente conhecida como bacia, a pelve se situa na região do quadril e é responsável por suportar o peso superior do corpo e transmitir energia aos membros inferiores.

“No Brasil, qualquer tipo de dança tem movimento pélvico ou de quadril. Portanto, é um movimento extremamente usado no dia a dia, mas a maioria das pessoas não têm consciência dessa ação, que, aliás, pode ser praticada por crianças, adultos e idosos de todos os gêneros”.

Por meio de análises cinesiológicas e biomecânicas, buscou-se promover a análise descritiva do movimento pélvico em determinada sequência de dança.

Para isso, sob convite, houve a participação uma bailarina profissional que executou uma sequência de movimentos preestabelecidos a fim de propiciar um estudo sob o aspecto da Fisioterapia. 

Workshop

O projeto conta, ainda, com a promoção do “Workshop de Dança”, a ser realizado no 16/05. Idealizado em parceria com o coreógrafo Rodrigo Pederneiras, do Grupo Corpo, o evento pretende externar a importância da pelve, considerada o motor primário de toda a movimentação do corpo humano.

“Quando a mexemos, todo o resto do corpo responde”, explica o coreógrafo.

O Workshop da Dança tem vagas limitadas e se destina, inicialmente, a alunos (dos turnos da manhã e da noite) e professores do curso de Fisioterapia do UniBH, do campus Estoril.

O “Balanço da Pelve” conta com uma série de parceiros. Além de Rodrigo Pederneiras, três bailarinos profissionais, também participam do projeto.

Como participar?

Os interessados em participar do “Workshop de Dança” devem enviar e-mail, até 05/05, para o endereço eletrônico pi2017workshopdanca@gmail.com, com as seguintes informações: nome completo, número de telefone, matrícula, turno e período.

Até 07/05, haverá sorteio para preenchimento de vagas. Aos alunos sorteados, será necessário confirmar presença, por meio de doação de itens de higiene pessoal que serão entregues a instituições assistidas pelo UniBH.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *