Funiculares são prototipados por alunos de Engenharia Ambiental


Por Ana Carolina, Bruna Gabrielle, Isabelle Couto, Priscila Kelly, Samilly Lopes,
Tássio Santos,  e Thayanny Sarah

 

Os alunos do 2º período do curso de Engenharia Ambiental, Andrei Freitas, Bárbara Laender, Kelvin Rafael, Leonardo Dias, Marcos Antônio, Maria Laura, Matheus Tiburcio, Paulo Antônio e Romero dos Santos apostaram na criação de funiculares para o Projeto Interdisciplinar (PI) desenvolvido ao longo do semestre.

O projeto foi apresentado nesta quarta (29) Circuito Acadêmico e contou com orientação do professor Flávio Henrique.

 A gente escolheu um lugar específico, o bairro General Carneiro em Sabará. Lá, não tem abastecimento de água, os moradores precisam subir o morro a pé e com baldes. O nosso projeto é instalar funiculares nesses lugares, utilizando o contrapeso, diz Bárbara Laender.

Para o desenvolvimento do protótipo, foi necessário montar uma base de madeira com mais de 1,5m e com inclinação de 30º para simular uma montanha. Além disso, foram elaborados os trilhos, os funiculares e um fio de aço para interligá-los.

Segundo Flávio Henrique, o projeto escolhido é muito extenso, com várias questões. Uma das interpretações que o grupo fez foi a análise da instabilidade, simulando a chegada de água.

Para a demonstração do funcionamento dos funiculares, foram colocados pesos proporcionais ao peso do ser humano e água. O suficiente para que eles subam e desçam.

Vantagens

A instalação de funiculares é de baixo custo e resolve a falta de saneamento básico em muitas regiões. Além disso, não polui, é funcional e resolve alguns problemas como a falta de água para uma grande parte da população. De acordo com Maria Laura:

Vivenciamos a necessidade de questões ambientais e funcionais que sejam econômicas e que atendam a população sem prejudicar o meio ambiente. É um projeto altamente sustentável e ecologicamente correto.

Os alunos ainda destacam a importância da aplicação das teorias estudadas em sala de aula, como o contrapeso, a força de atrito e o estudo do eixo para a execução do trabalho.

Confira no mapa abaixo, exemplos de teleféricos e funiculares instalados ao redor do mundo:

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *