Aula Invertida


Tatiana Quites

Ouro Preto é roteiro para sala de aula ampliada

Por Francyne Perácio

O Laboratório Multidisciplinar do Instituto de Educação do UniBH realizou visita técnica na cidade de Ouro Preto, no último sábado, 27. Várias atividades foram desenvolvidas com os alunos do curso de história, letras, pedagogia e matemática. A palestra, ministrada na Praça Tiradentes, discutiu o panorama da memória nacional, desde 1894 até a atualidade, além da temática abordada em sala de aula em relação ao Museu da Inconfidência.

Tatiana Quites

Na Igreja São Franscisco de Assis, foram apresentadas as diferenças do estilo Rococó, presente na edificação, em relação ao Barroco e ao Barroco Português, existente na cidade de Sabará.  Além disso, os alunos do IED visitaram o Museu do Aleijadinho, localizado atualmente também na Igreja São Francisco de Assis, a Feira de Artesanato, Museu de Arte Sacra, Igreja Nossa Senhora do Pilar e por último à Casa dos Contos. 

 

 

De acordo com Tatiana Quites, supervisora do Laboratório Multidisciplinar do IED, a aula externa é importante para ampliar o conhecimento adquirido em sala.

A aula invertida é muito importante pois vai “além dos muros da universidade” buscando ampliar o conceito tradicional de sala de aula, para o desenvolvimento das relações de ensino, aprendizagem numa perspectiva multidisciplinar.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *