Psicologia: ajuda existe, mas nem todos sabem


Por Allysson Aguiar, Isabela Borges, Luciana Alves, Marianna Bortolini, Thainá Alves

Os alunos do segundo período de Psicologia do UniBH desenvolveram seus projetos baseados nos serviços oferecidos pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) e  Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). Durante todo o semestre, eles mantiveram contato com psicólogos que já atuam nessa área.

O CRAS promove a organização e articulação das unidades da rede sócio assistenciais e outras políticas em prol de famílias em situação de risco.

 

Os CREAS é uma unidade pública de política de Assistência Social onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados.

Ambos desenvolvem trabalhos essenciais em localidades carentes. Em alguns casos auxiliam e encaminham pessoas em situação de rua.

O contato destes alunos com os profissionais que já atuam no auxílio dessas pessoas é de grande importância, visto que é um dos campos da psicologia para o qual há uma demanda considerável. Ainda que não sigam este viés, através desta relação simbiótica, os graduandos podem enriquecer ainda mais seus conhecimentos.

O trabalho desenvolvido em sala é orientado por professores, neste caso o co-orientador Mauro Giffoni.

No Circuito Acadêmico, os alunos optaram por mostrar os conhecimentos adquiridos durante o semestre com uma apresentação teatral. A peça ilustra uma das muitas situações recorrentes entre as famílias atendidas pelas duas instituições.

Os estudantes também mantiveram contato com psicólogos do NASF Núcleo de Apoio a Saúde da Família. Estes profissionais têm como missão o auxilio a crianças com dificuldade de aprendizagem.

Este é um segmento que compõe uma das mais importantes áreas da psicologia, uma vez que, muitos alunos acabam estagiando em escolas. De um modo geral os trabalhos desenvolvidos pelos alunos durante o semestre, irão servir de orientação para suas carreiras futuras.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *